terça-feira, 31 de maio de 2016

Dia dos irmãos


Uma das coisas que eu mais gostava era ter uma irmã, de preferência mais velha, ou então uma gémea.
Por aquilo que tenho visto ao longo da minha vidinha, é como ter uma melhor amiga que vive connosco, que nos acompanhará sempre, e que nos guia pelo melhor caminho possível.

Em vez disso tenho um irmão mais novo que tenta fazer twerk (e consegue, não sei como, mas consegue), gosta de me chatear como se não houvesse amanhã, é mais teimoso do que uma porta, e que anda com a cabeça bem fora dos eixos. Mas eu gosto dele na mesma, e sei que ele gosta de mim também, embora nunca o diga, nem o expresse de maneira nenhuma.
Porque, como é claro, ele tem a melhor irmã do mundo.

Vou ser sincera, para mim estes dias são uma chachada, mas achei  giro falar destas coisas.
Como é claro. o meu querido irmão aprovou que eu demonstrasse publicamente o meu desejo de ele ter nascido com o sexo oposto aqui no blog, senão eu nem falava no assunto.

Kiss and hug,
Laura

2 comentários:

  1. Também adorava ter uma mana, aliás quando era pequena estava sempre a pedir aos meus pais, mas 6 anos depois de eu nascer veio um nenuco, como eu o chamava. Ainda hoje tenho essa secreta esperança, mas... Acho que agora já é muito tarde...
    Beijinhos
    http://missdreamer-blogger.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Também acho estes dias uma chachada, mas mesmo assim, quando soube que era o "dia do irmão" - há umas horas atrás -, não hesitei em ligar-lhes. Tenho dois irmãos mais novos, sou super babada e aproveito todas as ocasiões para lhes demonstrar isso :)

    GIVEAWAY Pack Odisseias SPA + AVENTURA + GOURMET

    ResponderEliminar

A minha foto
19 | Açoriana que cresceu em Viana do Castelo | Hufflepuff | Estudante de Marketing em Aveiro

Old stuff